DSCF0329 Com álcool x sem álcool   Um comparativo de cervejas

Infelizmente nem todos podem apreciar o sabor de uma boa bebida alcoólica. Seja por religião, problemas de saúde ou até mesmo gosto. Ainda há aqueles que não podem beber por estarem incumbidos da missão ingrata de levar toda a sua turma para casa, ou seja, ser o motorista da rodada. Mas essas pessoas não precisam se privar de  contemplar o paladar de uma cerveja. Visando esse público a indústria cervejeira nos coloca a disposição inúmeras opções de cervejas sem álcool. E o nosso encargo é avalia-las para vocês. Para isso experimentamos uma cerveja comum, ou seja, com álcool e a cerveja que  tecnicamente deveria ser sua correspondente sem álcool.

Kronenbier x Antarctica

DSCF0333 Com álcool x sem álcool   Um comparativo de cervejas

Em aparência, poderíamos considerar um empate. Ambas as cervejas são claras, pouco densas e com uma formação de creme quase inexistente. Mas é no aroma que as duas começam a se distanciar. A Kronenbier tem um aroma mais sulfídrico, lembrando bastante o cheiro de ovo e um pouco de lúpulo. Já a Antarctica exala um aroma mais metalizado tendo em comum com a sua “concorrente” sem álcool a baixa presença de lúpulo. Se no aroma as duas já se distanciavam, é no sabor que é criado um “abismo” entre as duas. Mesmo contendo nas duas um sabor metalizado, a Kronenbier tem um gosto muito mais adocicado que a Antárctica.

Líber x Brahma

590 Com álcool x sem álcool   Um comparativo de cervejas

Aparentemente estamos falando de duas cervejas praticamente idênticas, a única diferença é que o creme da Brahma é um pouco mais consistente. No aroma as coisas se distanciam bastante. Enquanto a Brahma carrega o cheiro metalizado de todas as pilsens nacionais a Liber pende a um sabor mais frutado. O mesmo acontece no sabor. Enquanto a Brahma apresenta traços metalizados a Líber fica apenas na fruta que me lembra bastante pinha.

Nova Schin x Nova Schin Zero Álcool

DSCF0350 Com álcool x sem álcool   Um comparativo de cervejas

Sem dúvidas foi a cerveja mais parecida com a sua correspondente. E não pela alta qualidade da versão sem álcool. A Zero Álcool tem uma coloração levemente mais dourada, mas ambas tem a mesma formação e duração de creme, que é praticamente inexistente. O aroma da Schin é bastante metalizado já a da Zero Álcool mesmo metalizado tende mais para cereais não maltados, até lembrando um pouco de palha. O sabor das duas é praticamente idêntico, faltando apenas o álcool.

Bavária x Bavária Sem Álcool

Se não fosse pelo péssimo aroma se destacando ela teria uma avaliação um pouco melhor. Já que em todos os outros fatores ela praticamente empata com a sua versão alcoólica. Seja na aparência idêntica e sabor bastante semelhante.

Considerações finais

Todos concordamos que é injusto comparar uma cerveja convencional com uma cerveja sem álcool. Qualquer bebedor casual, mesmo em teste cego, sabe diferenciar uma cerveja com álcool da sua correspondente não-alcoólica. Fico na dúvida se, em caso de impossibilitado de beber alguma cerveja habitual, beberia uma cerveja sem álcool. Mas caso você esteja nessa ingrata situação e ainda insista em sentir o sabor de uma cerveja nós recomendamos que você experimente a Nova Schin Zero Álcool. Ela sem dúvida é a que mais se aproxima da sua original e a que menos transparece o aroma de ovo e o sabor adocicado.