Então, você passou da hora do almoço e/ou não tem tempo de preparar nada mas quer comer algo que harmonize com um bom vinho? E se eu te disser que isso é possível com uma passada no bom e velho McDonald’s? Se você acredita que é possível harmonizar um vinho com um McDonald’s, continue lendo esse post.

article 2057.sr1307538700 1024x682 Que tal harmonizar um vinho com um hamburguer?

Mc Fish

Harmonizar um vinho com peixe sempre foi um desafio fácil, mas se além do peixe você encontrar duas fatias de pão e molho tártaro? Bom, nesse caso os Suavignon Blanc não funcionaram muito bem. Seu sabor herbal nao casou muito bem com o molho tártaro, mas a surpresa ficou com os Rosé, que funcionou muito bem até realçando o sabor do peixe.

 Que tal harmonizar um vinho com um hamburguer?

Nesse caso, como era de se esperar, nenhum vinho vermelho funcionou, mas o destaque ficou em quão mal o Prosseco se apresentou, praticamente estragando o vinho e o sanduiche.

Mc Chiken grelhado

Esse sanduíche engana. Mesmo baseado em frango grelhado o sabor é de bacon defumado. Assim sendo o Suavignon Blanc não teve a mínima chance. Assim como os Valpolicella e o Prosecco (que se saiu melhor do que com o peixe) e ficou tão adocicado quanto o Rosé. Como era de se esperar, os tintos apenas mascararam o sabor do sanduíche e o grande vencedor foi o Spice Route Chenin Blanc.

 Que tal harmonizar um vinho com um hamburguer?

Não só era uma combinação vencedora, mas funcionou tão bem que melhorou tanto o vinho e os sanduíches. O bacon ajudou a rebaixar o carvalho fumado do vinho e do carvalho no vinho temperado o efeito do bacon, permitindo que a galinha para ter o centro do palco. Um verdadeiro sucesso emparelhamento!

Big Mac

Já que este é o hambúrguer do McDonald’s mais vendidos certamente foi o que eu passei mais tempo procurando um emparelhamento. E os resultados foram surpreendentes.

O Prosecco e Sauvignon Blanc, mais uma vez se tornaram um pouco doce demais, quando emparelhado com o Big Mac, com o Sauvignon transformando sensivelmente picante no final. A Chenin Blanc, por outro lado, realmente virou carvalho e com um acabamento que basicamente desapareceu.

 Que tal harmonizar um vinho com um hamburguer?

Esta valorização do carvalho também ocorreu com a Malbec, apesar de que o fruto da Malbec fez um trabalho muito bom com o Big Mac. O Rosé, por outro lado tinha apenas o nível adequado de frutas para trabalhar com o hambúrguer e uma vez mais os níveis de ácido parecia emparelhar-se particularmente bem com este prato.

 Que tal harmonizar um vinho com um hamburguer?

Aqui foi finalmente a hora dos vermelhos e em uma torção estranha, tanto o Valpolicella, com corpo mais leve, e o Merlot funcionaram muito bem. O Valpolicella ofereceu um contraponto delicioso aos sabores do Big Mac, enquanto o hambúrguer realmente ajudou a fruta no Merlot ao paladar.

Então, qual é a moral desta história? Bom para começar, é claro que você pode emparelhar o vinho com a comida rápida, ainda mais se ela for do McDonald’s. Se a comida é boa ou não, ou se vale “gastar” uma garrafa com uma junkie food vale a pena, não vem ao caso, mas certamente essa mistura  torna a refeição um pouco mais divertida!
MAs chegamos ao ponto que não há um vinho perfeito para o McDonald’s. O que surpreendeu foi quão específicas é o pedido de de cada prato para cada tipo de vinho.
Mas generalizando se você estiver pra devorar um monte de bacon em seus pratos e quer um vinho branco, algo com bom ácido e carvalho fumado perceptível parece funcionar bem.

*Via

COMENTÁRIOS