“Isso não é um sonho. Se fosse haveria rum!”. Assim disse o maior (ou seria o pior?) pirata que já se viu, capitão Jack Sparrow. Independente de suas questionáveis qualidades como pirata, capitão Sparrow mandou muito bem nessa frase, que demonstra de maneira bem clara a importância histórica da bebida que falaremos hoje: o Rum.

rum Destilando: Rum

O Rum é a verdadeira imagem do Caribe. Cuba e muitas outras ilhas da América central produzem a bebida, obtida a partir da fermentação do melaço e, posteriormente, destilação. Ilhas Martinica, Guadalupe, Jamaica, Barbados, Guiana e alguns países da América do Sul são exemplos de países produtores da bebida.

Bebendo da história

A origem do Rum ainda é controversa, contudo acredita-se que tenha surgido em meados de 1500 quando os espanhóis plantavam cana-de-açúcar nas ilhas do Caribe, durante suas explorações.

Alguns defendem que a palavra rum deriva de Rumbullion ou Rumbustion, que são expressões inglesas para descrever os excessos provocados pelos bêbados (ou seja, todas as bizarrices habituais de um bebum). Outros defendem que sua origem é latina, mais precisamente da palavra saccharum (açúcar). O rum começou a ser conhecido no século XVIII, quando foi divulgado como um poderoso medicamento, usado nas mais diversas enfermidades e capaz até de exorcizar os “demónios” do corpo.

Sua inevitável ligação com a pirataria nos mais diversos meios (cinema, arte, literatura, música…) tem explicação: seu alto teor alcoólico, de 40° a 70° GL, tornou o rum muito famoso entre piratas do século XIX, os encorajando antes de combates e servindo até como moeda de troca de escravos.

Rum gone Destilando: Rum

Métodos de produção

o Rum pode ser obtido de duas maneiras: a agrícola e a industrial. Em ambas o resultado é uma bebida cristalina, que pode se tornar amarelada por meio de envelhecimento em barris de carvalho ou pela adição de corantes caramelo.

400px Chais6 72 Destilando: Rum

Conforme dito anteriormente, a bebida é obtida pelo processo conjunto de fermentação e destilação. O Rum é destilado após a fermentação do sumo fermentado da cana-de-açúcar ou melaço. Quando se produz à base de sumo de cana , considera-se que o processo é o agrícola. Se for obtido a partir do melaço, o processo é o industrial.

As folhas são retiradas da cana e esta é esmagada. Ao líquido obtido após a filtragem chama-se “Congeners” ou “Vesou”.

  • Processo agrícola: Este processo consiste na adição de leveduras e água  ao “congeners”. A destilação faz-se num alambique em processo de fogo contínuo. Dá-se o nome de “grape blanche”  ao líquido obtido no processo.
  • Processo industrial: Nesta fermentação adiciona-se uma substância que é formada por resíduos que são sobras do alambique. Assemelha-se ao processo agrícola no tempo de duração da fermentação, que é praticamente idêntico nos dois casos. Este processo permite um Rum de melhor qualidade, pois retém as qualidades aromáticas da bebida e ao mesmo tempo lhe confere maior maciez.

Tipos de rum

Existem basicamente dois tipos de Rum, o leve (light) e o pesado (dark). O leve apresenta duas variações: o branco e o ouro. Geralmente são secos apresentando um leve sabor de melaço. Já o dark é mais escuro e doce, resultado de um processo de fermentação lento após a destilação.

2008 12 12 Rum1 Destilando: Rum

A grande quantidade de países produtores de rum resulta numa gama de variedades do produto, todos com as particularidades dos países produtores. Vejamos alguns exemplos:

  • Rum encorpado: é o rum escuro. Tem corpo e aromas marcantes e é originário da Jamaica, Martinica e Barbados.
  • Rum aromático: além do melaço da cana, contém bagos de arroz vermelho. Produzido principalmente na Indonésia. É utilizado na fabricação de ponche.
  • Navy Rum: é um dos mais encorpados. Produzido na Guiana e em Trinidad e Tobago.
  • Rum cubano: rum leve, com teor alcoólico de 40°GL, pode ter coloração transparente (para coquetéis) ou dourada.
  • Rum da Jamaica: o mais forte de todos os tipos de rum. Tem teor de quase 75°GL, e geralmente é exportado para a Inglaterra, onde é envelhecido em tonéis de carvalho por muitos anos.
  • Rum da Martinica: encorpado, é feito do suco da cana no lugar do melaço.
  • Rum de Barbados: excelente qualidade, é leve e tem sabor acentuado.
  • Rum de Porto Rico: figura entre os tipos mais famosos de rum, é leve e de qualidade. A marca mais famosa é a Bacardi, exportada para todo o mundo, inclusive para o Brasil. O rum Bacardi é leve, bidestilado e utiliza o melaço da cana e também o seu suco.

BÔNUS

RECEITA: ACAPULCO

Nada melhor do que terminar o nosso destilando com uma receitinha de drink à base de Rum: o Acapulco.

156g Destilando: RumINGREDIENTES:

  • 1 dose de rum branco
  • 25ml de leite de côco
  • 25ml de grapefruit
  • 1/2 colher de chá de açúcar
  • 20ml de suco de abacaxi
  • 1 ramo de hortelã
  • gelo picado a gosto

MODO DE PREPARO:

Lave e reserve o ramo de hortelã. junte numa coqueteleira o gelo, o rum branco e os demais ingredientes. Agite. Coe para um copo de coquetel previamente gelado e decore com a hortelã.